Lições de liderança do PAPA BENTO XVI


Recentemente o papa chocou o mundo ao renunciar a seu papel como líder da Igreja Católica. Ele fez história ao fazê-lo, sendo o primeiro papa a renunciar em 600 anos. Pessoalmente, eu não sou católico, mas tenho um grande respeito por meus amigos que são católicos praticantes, e cuja fé é genuína e contagiante. Ao refletir sobre sua decisão, eu acredito que ele modelou pelo menos cinco lições de liderança para nós durante o seu mandato como papa.

1. Confortável com sua identidade, ele não imitou o estilo de seus predecessores.

Enquanto o Papa João Paulo II era um líder e orador carismático, o Papa Bento XVI foi um tipo de orador tranquilo, reservado e contemplativo. E isso era bom. Ele não era cópia de outra pessoa, foi completamente ele mesmo, com seu próprio estilo.

2. Como progressista, ajudou a Igreja Católica a se tornar “verde”.

Em seu segundo ano no cargo de papa, Bento XVI anunciou que o Vaticano iria se tornar o primeiro país neutro em carbono com o plantio de árvores para compensar a sua emissão de carbono. Além disso, ele tinha painéis solares instalados no salão Paulo VI. Ecologia era a chave.

3. Sendo prático e futurista, ele interagiu com os outros no Twitter.

O Papa Bento XVI convidou o mundo a lhe fazer perguntas, caso tivessem, então, ingressou no Twitter, enviando várias mensagens de sua conta @pontifex. Ele atraiu quase três milhões de seguidores em oito idiomas.

4. Como um conservador, ele se manteve firme por suas convicções e valores.

Em face de uma cultura pluralista que se opunha a ele muitas vezes, o Papa Bento falou suavemente, mas com firmeza, sobre a ética no campo da ciência e defendeu a santidade da vida e do casamento, quando não era politicamente correto fazê-lo. Ele era, descaradamente, moral.

5. Com grande humildade, ele renunciou quando sentiu que não estava apto para o trabalho.

Qualquer outro papa, em minha vida toda, serviu até a morte, estivessem capazes de conduzir a igreja ou não. O repórter Católico Sean Michael Winters disse que o Papa Bento XVI fez uma escolha de modernização ao fazer isso e removeu um pouco da aura do papado.

Concordando ou não com o Papa Bento XVI sobre todas as questões, é fácil respeitar seu modelo de liderança, não é?

Autor: Tim Elmore

Anúncios

Nos ajude a fazer o melhor. Deixe aqui seu comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s