Arquitetura brasileira marca presença em exposição em museu na Alemanha


Trabalhos de jovens profissionais brasileiros podem ser vistos no Museu de Arquitetura de Frankfurt até 2014. Entre os integrantes da mostra, estão o projeto na nova esplanada no Mineirão e intervenções no Inhotim

 

Fachada do Museu de Arquitetura de Frankfurt que vai abrigar até janeiro de 2014 a exposição
Fachada do Museu de Arquitetura de Frankfurt que vai abrigar até janeiro de 2014 a exposição “Nove Novos” com projetos de profissionais brasileiros

O Museu de Arquitetura de Frankfurt (Deutsche Architekturmuseum – DAM) abriu as portas desde o último 19 de setembro, para a exposição “Nove Novos” (Neun Neue). Projeto conjunto com o Instituto Tomie Ohtake e a revista Monolito, apresenta os trabalhos de jovens e promissores nomes da arquitetura brasileira: Arquitetos Associados, BCMF Arquitetos, Carla Juaçaba, Corsi Hirano Arquitetos, Jacobsen Arquitetura, Metro, Nitsche Arquitetos Associados, Rizoma Arquitetura e Studio Paralelo.

O evento tem a organização do Instituto Tomie Ohtake, em parceria com o editor da revista Monolito, Fernando Serapião. A curadoria é de Peter Cachola Schmal, Anna Scheuermann e Ricardo Ohtake. Ao todo, arquitetos da nova geração de nove escritórios de São Paulo, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e Porto Alegre – daí o nome da exposição “Nove Novos” – são unânimes em afirmar que esta é uma oportunidade única para levarem parte da arquitetura brasileira para fora do país.

Pedro Nitsche, um dos convidados, diz que participar da exposição é algo inestimável, pois haverá troca de experiências e enriquecimento do diálogo em torno da Arte e Arquitetura, para que as ideias e os pensamentos floresçam. O presidente do escritório paulista Nitsche Arquitetos Associados levará para a Alemanha dois projetos: a Residência, em Iporanga, e o Edifício Comercial João Moura. Ele ressalta que experiências como essa são extremamente positivas e, portanto, um grande estímulo para a arquitetura brasileira.

O Edifício Comercial João Moura na Zona Oeste de São Paulo possui varandas de diferentes dimensões e um painel com aberturas e anteparos coloridos   (Nitsche Arquitetos Associados/Divulgação)
O Edifício Comercial João Moura na Zona Oeste de São Paulo possui varandas de diferentes dimensões e um painel com aberturas e anteparos coloridos

O escritório paulista Corsi Hirano expõe os projetos do TRT Law Courts Complex e a AV Houses. Em seus projetos, Daniel Corsi aposta na responsabilidade social e no desenvolvimento sustentável. “O reconhecimento e a oportunidade de representar a arquitetura brasileira são fatos muito importantes”, afirma.

Os projetos Casa ML (Porto Feliz), Museu de Arte do Rio (MAR) e Casa JN habilitaram a participação do escritório carioca Jacobsen Arquitetura a participar da mostra.

Os jovens profissionais do escritório mineiro Arquitetos Associados são responsáveis pelos projetos do Centro Educativo Burle Marx, Estúdios Terra e Pavilhão Miguel Rio Branco.

Outro representante das Minas Gerais é o escritório BCMF Arquitetos, responsável pelo projeto de remodelação do Mineirão, pelo Centro Nacional de Tiro Esportivo – PAN 2007 e pelo Projeto Bar Casa Cor.

Museu de Arte do Rio (MAR) possui um complexo cultural que inclui dois prédios com 15 mil metros quadrados, sendo 2,4 mil de área expositiva  (Jacobsen Arquitetura/Arquitetura)
Museu de Arte do Rio (MAR) possui um complexo cultural que inclui dois prédios com 15 mil metros quadrados, sendo 2,4 mil de área expositiva

O mineiro Rizoma Arquitetura é responsável pelos projetos Galeria Lygia Pape, Loja Botânica e restaurante Oiticica, o objetivo do escritório na exposição é mostrar que o Brasil está produzindo uma arquitetura jovem e com características próprias.

Luciano Andrades, arquiteto do Studio Paralelo, de Porto Alegre, é idealizador do prédio CREA, da residência Xangrilá no litoral gaúcho e do Minimod, um protótipo de módulo mínimo habitável de 24m², Andrades e seus sócios Rochelle Castro e Silvio Machado estão ansiosos.

A participação brasileira em Frankfurt tem a organização dos ministérios da Cultura e das Relações Exteriores, Fundação Biblioteca Nacional (FBN), Fundação Nacional de Artes (Funarte) e Câmara Brasileira do Livro (CBL). A exposição fica no Museu de Arquitetura de Frankfurt (DAM) até 12 de janeiro de 2014.

A esplanada do novo Mineirão possui 80 mil metros quadrados e se transformou em novo cartão-postal da capital mineira  (Sylvio Coutinho/Divulgação)
A esplanada do novo Mineirão possui 80 mil metros quadrados e se transformou em novo cartão-postal da capital mineira

Fonte: CorreioWeb

Anúncios

Nos ajude a fazer o melhor. Deixe aqui seu comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s