Polo de joias do Vetor Norte ficará na Cidade da Moda


Segundo Matéria do Diário do Comércio, Nova Lima perdeu o espaço.
Segundo Matéria do Diário do Comércio, Nova Lima perdeu o espaço.

Segue trecho retirado de matéria do Diário do Comércio (ago/13)

Por Tatiana Lagôa
O projeto de criação do polo de joias em Minas Gerais deverá ser implementado na Cidade da Moda, ou Fashion City Brasil, distante quatro quilômetros do Aeroporto Internacional Tancredo Neves em Confins, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). O espaço, que inicialmente seria em Nova Lima, também na Grande Belo Horizonte, agora vai incluir produtores de bijuterias e lapidação.

Segundo o presidente do Sindicato das Indústrias de Joalherias, Ourivesarias, Lapidações e Obras de Pedras Preciosas do Estado de Minas Gerais (Sindijoias – MG), Raymundo Viana, as negociações para a implementação da indústria de joias no espaço está em fase avançada e deverá ter uma decisão nos próximos 30 dias.

Está em discussão a implementação da parte produtiva na área. Mas já foi firmado um acordo que destina 50 mil metros quadrados para atacadistas que comercializarão as joias e bijuterias.

O projeto não foi levado adiante em Nova Lima por dois motivos principais. O primeiro empecilho foi o fato do lote adquirido ter um passivo ambiental muito alto. O segundo tem ligação com o mau momento vivido pela indústria de joias. Com os resultados negativos, os empresários ficaram receosos de investir em um projeto mais audacioso.

A Cidade da Moda acabou atraindo interesse por derrubar os dois problemas de uma só vez. De um lado, a área já terá toda a estrutura, como um grande condomínio com administração única e, portanto, com as burocracias de instalação já resolvidas.

De outro, a inclusão de bijuterias e da atividade de lapidação no polo de joias elimina o problema da baixa adesão dos empresários. “A venda de bijuterias tem crescido muito por causa do design delas”, afirma.

A instalação do projeto então ficou dividida em duas fases. A primeira, em 2015, com o início de instalação da parte comercial do polo de joias na Cidade da Moda. A segunda etapa será a implantação da estrutura para a indústria, o que ainda está em definição. “Mas as expectativas de ocorrer o fechamento do acordo o mais rápido possível são grandes”, segundo Viana.

O fechamento do acordo seria uma forma de melhorar a atual situação do setor de joias, que vem agonizando nos últimos anos. Como a expectativa é a de que a Cidade da Moda se torne referência e atraia consumidores de todas as regiões do país, as vendas de joias mineiras podem se beneficiar disso.

Anúncios

Nos ajude a fazer o melhor. Deixe aqui seu comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s