Alphaville completa 40 anos


logo-alphaville-300x140A Alphaville em quatro décadas, loteadora se consagrou como uma referência, com 90 empreendimentos em 21 estados e no Distrito Federal, e difundiu por todo o Brasil o conceito de espaços que integram para bem viver

A Alphaville acaba de completar 40 anos. Desde que os engenheiros YojiroTakaoka e Renato Albuquerque compraram o primeiro terreno em Barueri, na Grande São Paulo, em setembro de 1973, muita coisa mudou. A marca, que, no início, nasceu para abrigar a instalação de indústrias não poluidoras e sustentáveis que procuravam áreas próximas à capital paulista, é hoje referência nacional em empreendimentos horizontais, bairros planejados e núcleos urbanos em todo o país, com presença em 21 estados e no Distrito Federal.

“Nesses 40 anos, Alphaville tem levado qualidade de vida a todo o Brasil com uma proposta exclusiva de planejamento urbano, por meio do desenvolvimento de empreendimentos horizontais que conciliam infraestrutura, segurança, lazer, preservação ambiental e conveniência num único lugar.”, afirma Marcelo Willer, diretor superintendente de Alphaville.

O  Brasil passava pelo milagre econômico, 40 anos atrás, quando surgiu Alphaville. Muitas empresas vinham se instalar no país e não encontravam um ambiente organizado e planejado para construir as suas sedes. Foi aí que os dois engenheiros desenvolveram o primeiro empreendimento para empresas não poluidoras em Barueri, a poucos quilômetros da capital paulista. O projeto deu tão certo que rapidamente várias companhias se instalaram no local.

O primeiro residencial, com 1.200 lotes e um conceito de infraestrutura e urbanismo ainda desconhecido no país, nasceu logo em seguida para atender os executivos das empresas e a partir daí os lançamentos não pararam. Atualmente, o Alphaville em Barueri tem mais de 12 mil residências, 42 edifícios residenciais e 16 comerciais. Aproximadamente 70 mil pessoas vivem na região.

A marca se tornou uma grife no mercado imobiliário e o modelo serviu de inspiração em outras cidades. Hoje, Alphaville tem 90 empreendimentos que representam mais de 60 milhões de metros quadrados urbanizados, uma marca cada vez mais forte, segundo Marcelo Willer, diretor superintendente da empresa.

Para Fábio Valle, diretor Comercial e de Novos Negócios de Alphaville, o conceito de bem viver apresentado por Alphaville faz sucesso no Brasil justamente porque as pessoas identificam os empreendimentos como locais realmente diferenciados, que oferecem qualidade de vida, projetos arrojados, com planejamento urbano de médio e longo prazo. De acordo com Fabio, nesses últimos 40 anos a Alphaville ampliou seu portfólio com novos produtos como o Terras Alphaville, empreendimentos com terrenos menores, e os Núcleos Urbanos, espaços com mais de 5 milhões de m². “Apesar de serem produtos distintos, todos trazem a mesma qualidade urbanística e o conceito de Alphaville”, destaca Fabio.

“Muito nos orgulha olhar para trás e perceber que somos referência em todo o mercado imobiliário. É gratificante sentir o reconhecimento das pessoas que vivem em nossos empreendimentos, da nossa experiência e qualidade em executar os projetos que, desde o momento do lançamento, deixa de ser apenas uma opção de imóvel para se tornar aspiração e um convite para viver com qualidade”, diz Valle.

A gerente de projetos urbanísticos da empresa, Maria do Rocio, explica que o país vive uma fase histórica urbanística, em que as leis evoluíram e há uma conscientização de uma sustentabilidade urbana necessária nas construções e na integração delas nas cidades. “Os núcleos urbanos já nascem com esse DNA, prevendo ciclofaixas, faixas para transporte público e parques. Segue a linha do novo urbanismo, juntando lazer, trabalho e residência num mesmo local, reduzindo utilização de automóveis. Algo que moradores de grandes cidades almejam, mas não sabem que é possível”, destaca Rocio.

O novo urbanismo foi criado nos anos 1980 nos Estados Unidos e busca desenvolver projetos urbanos que incluam uma variedade de tipos de construções, usos mistos, habitação para diferentes grupos de renda, presença marcante dos espaços públicos, forma urbana que estimule a vizinhança, envolvimento da comunidade e sentimentos de integração com o ambiente e satisfação estética.

Para acompanhar esse desenvolvimento urbano, a companhia criou em 2000 a Fundação Alphaville. A Fundação nasceu com o desafio de provocar transformações reais e mais profundas na sociedade, principalmente nas comunidades fixadas nas áreas de influência dos empreendimentos da Alphaville em todo o país. Visando transformar positivamente as comunidades do entorno, o trabalho da Fundação Alphaville está focado em quatro eixos de atuação: Desenvolvimento Sustentável, Resgate Histórico, Gestão de Conflitos e Meio Ambiente. O objetivo desse trabalho é oferecer ferramentas que possibilitem efetiva transformação nas relações e a busca de consenso para o desenvolvimento econômico, social e ambiental de uma região. O portfólio de atividades socioambientais da Fundação já conta com mais de 100 projetos.

Anúncios

Nos ajude a fazer o melhor. Deixe aqui seu comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s