Ladrilho artesanal dá vida ao imóvel


ladrilhoA busca por soluções em revestimentos num mercado em que os consumidores desejam mais exclusividade tem feito ressurgir um material derivado dos mosaicos bizantinos, os ladrilhos hidráulicos. O material é produzido artesanalmente, um a um, a partir de materiais como cimento, areia, pó de mármore e pigmentos. Só depois de moldado e endurecido, é imerso em água para a cura – ainda é necessário secagem de aproximadamente dez dias. Os resultados são uma infinidade de desenhos, cores, estilos e até peças personalizadas.

Os ladrilhos são utilizados para cobrir paredes, pisos e até móveis em ambientes internos, geralmente multicoloridos, ou mais simples, para áreas externas. Podem ser chamativos, com estampas florais ou mais discretos, em tons de cinza e branco. Às vezes, basta revestir uma faixa da parede para mudar o clima do ambiente completamente. Para a arquiteta Adriana Lima, esse tipo de revestimento cai bem em cozinha, churrasqueira, e dependendo da criatividade pode ser aplicado até no teto. Ela destaca que é possível compor vários estilos diferentes, despojados, com climas praianos, retrô, entre outros. Vale até misturar estampas.

Nos ambientes pequenos, a arquiteta lembra que os ladrilhos estarão sempre à vista. Por essa razão, a recomendação é revestir apenas uma parede, usá-los como detalhes ou utilizar tom sobre tom. “Vale escolher um local onde não se veja a todo momento, para evitar que a estampa e as cores cansem. Num quarto, pode ficar na parede onde vai a cabeceira da cama, por exemplo”, diz.

A arquiteta Ninha Chiozzini lembra que os ladrilhos hidráulicos são clássicos, nunca saíram de moda, apenas estão mais requisitados por causa do boom das cores e estampas. Na sua opinião, esse revestimento pode ser aplicado em todos os locais, inclusive nos menores. “Em ambientes pequenos funciona, fica uma graça, muito charmoso e representam a personalidade do dono”, diz.

Sobre a composição dos ambientes, para ela o importante é descombinar. Pode-se até eleger uma cor que esteja presente nos elementos. Mas no caso do ladrilho hidráulico, a arquiteta garante que as estampas não concorrem entre si. “Podemos usar um desenho gráfico com floral, ou ao estilo anos 1970, ladrilhos com laranja, cadeiras azuis e vasos verdes. Fica ousado, mas é superpossível”, diz. Ela acrescenta que para quem gosta de estampas discretas, nos ambientes sóbrios também ficam bonitos com tons neutros, cinza e off- white.

Alternativas
Os ladrilhos hidráulicos em geral custam mais caro, mas há cerâmicas, azulejos e porcelanatos que imitam as estampas e funcionam bem. Para quem mora em casa alugada, mas que quer deixar o ambiente com a sua cara, também há os adesivos. Segundo Ninha, é fácil encontrar páginas na internet que permitem a simulação das cores, onde o consumidor pode encomendar e receber em casa. “Na hora de deixar o imóvel, é fácil retirar os adesivos e deixar como estava antes”.

Sobre a durabilidade das peças, ela explica que no caso dos ladrilhos hidráulicos verdadeiros é preciso ter mais cuidado, apesar de terem de 1,5 a 2 centímetros de espessura. “As peças verdadeiras são porosas porque são de cimento. É preciso se preocupar com a impermeabilização em cozinhas, por causa do óleo, e em banheiros, por causa da umidade”, diz Ninha. O próprio morador pode fazer a manutenção dos ladrilhos, com materiais impermeabilizantes encontrados facilmente no mercado. Os ladrilhos hidráulicos são duráveis, podendo resistir até 100 anos, porém não são indicados para locais como garagens, por causa do tráfego pesado.

VALORIZAR
“Vale escolher um local onde não se veja (…), para evitar que as cores cansem. Num quarto, pode ficar na parede onde vai a cabeceira da cama”
Adriana Lima
Arquiteta

Anúncios

Nos ajude a fazer o melhor. Deixe aqui seu comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s