Procrastinação – 5 motivos que levam você ao hábito


Procrastinação

Procrastinação – 5 motivos que levam você ao hábito

5 motivos que fazem você procrastinar. Saiba as razões que levam ao hábito e como superá-las.

Você sempre deixa tudo para a última hora, evita tomar decisões importantes e vive adiando compromissos? Não se preocupe, você não está sozinho. A procrastinação é um problema na vida de muitas pessoas, hoje. E para largar esse hábito, primeiro é preciso saber os motivos por trás dele.

O site Fast Company conversou com o escritor Sebastian Bailey, autor do livro Mind Gym: Achieve More By Thinking Differently (em português, algo como Academia da Mente: Realize mais pensando diferente), que explicou as razões que nos fazem procrastinar e apontou maneiras de superá-las. Confira abaixo:

1. Sensação de confiança

A procrastinação pode ser causada por uma sensação de confiança. Você acredita que algo não é urgente e acaba adiando. É o caso de quem sempre adia aquela visita de checkup ao dentista, por exemplo. Claro, como toda procrastinação, pode levar a maus resultados: sem a consulta preventiva, você pode gastar muito tempo depois tendo que lidar com

2. Evitar o desconforto

Outra razão que nos leva a procrastinar é achar que a tarefa será dolorosa, como pedir demissão ou acabar um relacionamento. “Em vez de entrar em uma situação confortável que levará a um final mais feliz, ficamos em posições desconfortáveis. O desconforto antecipado impede você de agir”, afirma o especialista Sebastian Bailey.

3. Medo de fracassar

As pessoas também procrastinam quando se trata de algo muito importante, como lançar um novo negócio ou tomar uma grande decisão. Segundo Bailey, o medo do fracasso pode levar a preocupações irracionais. Alguém prestes a abrir uma empresa, por exemplo, pode acreditar que se seu negócio não der certo, sua família não conseguirá pagar o aluguel nem terá dinheiro para se alimentar. Fantasias assim, causadas pelo medo, podem impedir você de agir.

4. Barreiras emocionais

Depois de um longo dia de trabalho, você chegou em casa querendo dormir, mas estava tão cansado para arrumar a cama e trocar de roupa que acabou ficando acordado até tarde. Já aconteceu com você? De acordo com Bailey, é uma situação comum. Às vezes, estar muito estressado, animado ou cansado pode fazer com que você evite sair do lugar.

5. A ilusão da falta de tempo

Você pode achar que não está procrastinando e que apenas não tem tempo para completar alguma tarefa porque está “muitíssimo ocupado”, mas não se engane: se você estiver adiando algo importante, é procrastinação. E do tipo perigoso, porque é fácil de acreditar que se está progredindo ao dar atenção a outras coisas.

Como parar de procrastinar

Agora que você já sabe porque procrastina, está na hora de tentar maneiras para livrar-se do hábito. Claro, não existe exatamente uma receita mágica, e é importante que você não se deixe entrar no “piloto automático” para não cair no costume. Essas dicas podem ajudar:

1. Comece com cinco minutos

Se o seu problema é começar, comprometa-se a trabalhar em sua tarefa por pelo menos cinco minutos. Você pode usar o cronômetro do celular e marcar o tempo. Depois dos cinco minutos, escolha se quer continuar ou não. Essa pode técnica funcionar para quem tem barreiras emocionais ou medo do fracasso, já que a ideia dos poucos minutos não intimida. Uma vez que você inicia o trabalho, entra no ritmo e supera os impedimentos.

2. Elabore punições para si mesmo

Essa técnica é boa para quem é fã de evitar o desconforto ou adia tarefas que não são urgentes. Decida uma punição que você receberá caso não cumpra com alguma tarefa. Deve ser alguma coisa que estimule você a agir. Você pode, por exemplo, escrever um cheque para o time de futebol que odeia passar a um amigo, pedindo a ele para depositar caso você não complete a meta estabelecida. Será difícil permanecer inativo se houver consequências.

3. Crie novos processos

Outra solução é colocar as tarefas temidas em novos contextos, criando um novo processo para lidar com elas. Você pode estabelecer deadlines para seus trabalhos ou compromissos, ou dias temáticos para seus projetos pendentes. Você pode escolher a sexta feira, por exemplo, como o dia de pagar contas, ou a segunda como o dia de responder todos os emails.

Fonte: Administradores.com.br

Anúncios

Nos ajude a fazer o melhor. Deixe aqui seu comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s