Mulheres se firmam nas negociações de imóveis


Mulheres

Mulheres se firmam nas negociações de imóveis e já direcionam esforços de empresas

Presença cada vez mais forte das mulheres nas decisões de compra de um imóvel leva empresas a se voltarem especificamente para atendê-las em suas necessidades

A mulher está cada vez mais presente nas negociações imobiliárias. Detalhista e preocupada com o bem-estar da família, ela fica atenta a aspectos que nem sempre são observados pelo homem. Mas a participação feminina não se restringe ao momento da escolha do imóvel. Tem aumentado em todo o Brasil o número de financiamentos solicitados por mulheres.

A presença feminina nas negociações é uma realidade para o diretor da Alphasul Consultoria Imobiliária, Márcio Tavares Lanna, há pelo menos cinco anos: as mulheres são responsáveis por cerca de 30% dos contratos assinados na empresa. “Buscamos enxergar a necessidade da cliente para oferecer um atendimento diferenciado. Mais da metade da equipe é formada por mulheres, então temos expertise para lidar com elas”, aponta o especialista. Ele acrescenta que o primeiro contato com a imobiliária deixou de ser exclusividade masculina.

As mulheres têm uma visão diferente dos homens até na hora de escolher um imóvel. Segundo Lanna, elas tentam sempre encontrar uma localização que seja mais conveniente, considerando lugar para compras e escola dos filhos, por exemplo. O tamanho do imóvel também é importante para as clientes, que não deixam de avaliar a quantidade de armários. “Enquanto as mulheres estão em busca de mais praticidade, os homens estão mais preocupados com valor do imóvel, condomínio, IPTU, condição de pagamento e número de vagas de garagem”, ressalta o diretor da Alphasul.

RESULTADO

A diretora da Céu-Lar Netimóveis, Daniela Magalhães, também observa que as mulheres passaram a participar mais do processo de compra do imóvel. Muitas vezes, são elas que buscam as chaves na imobiliária e fazem a primeira visita. O homem chega depois para validar o negócio, porque geralmente têm mais facilidade de lidar com a questão financeira. “Ainda vejo que os nossos negócios continuam muito ligados os homens, mas a participação feminina está crescendo. Não há competição. Isso vem a somar para que o resultado seja muito bom para toda a família”, analisa.

Daniela Magalhães, diretora da Céu-Lar Netimóveis, diz que muitas vezes a mulher é quem busca as chaves na imobiliária e faz a primeira visita (Ramon Lisboa/EM/D.A Press)
Daniela Magalhães, diretora da Céu-Lar Netimóveis, diz que muitas vezes a mulher é quem busca as chaves na imobiliária e faz a primeira visita

A influência das mulheres nas negociações imobiliárias ainda pode ser comprovada com os financiamentos aprovados. Com renda própria, elas tem a possibilidade de facilitar a compra em família. “Na maioria dos casos, a renda do homem e da mulher entram compartilhadas, então a negociação é feita em conjunto para facilitar a aprovação do crédito”, conta Márcio Tavares Lanna. De acordo com levantamento da Caixa Econômica Federal, quase 40% dos financiamentos imobiliários no Brasil contam com participação feminina, seja compondo a renda com o marido ou sozinha.

About PH Consultoria

Autor do Blog

Posted on 08/12/2014, in Artigos. Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: