COMEÇO DE ANO, CONTAS À PAGAR, O QUE FAZER?


COMEÇO DE ANO
COMEÇO DE ANO, CONTAS À PAGAR, O QUE FAZER?

Muito bem, depois de viajar muito com a família, depois de presentear todo mundo, até o papagaio ganhou um espaço novo, festa daqui, festa dali, do famoso 13º só restaram as lembranças e a esperança de revê-lo novamente em um futuro não muito próximo…
Começo de ano, contas à pagar e agora o que fazer??? Tempestade á vista, ou melhor, furacão à vista…!!!
Nada disso, não se desespere, todo ano é assim e todo ano conseguimos resolver não é???
Pois bem, para ajudá-lo nessa turbulenta situação, daremos algumas dicas à você, que pelo menos amenizarão o caminho que deverá ser trilhado, tornando-o um pouco mais agradável, ou meno dramático, para que aos poucos você retome sua vida com mais tranquilidade, vamos lá? Qualquer dúvida acesse o link: nilsonnunesimoveis.com.br/
A palavra chave aqui é, controle financeiro e após todo esse período de gastos, presentes, festas, o que se deve fazer é colocar a cabeça no lugar, refletir e iniciar um processo de planejamento financeiro, especialmente para esses três primeiros meses que são os mais difíceis do ano.
Deve ser feita uma análise com muito cuidado para saber quais contas devem ter prioridade para pagamento à vista, dando prioridade para as contas que você tem maior vantagem financeira, no caso maior desconto.
O IPTU, IPVA, MATRÍCULA ESCOLAR, são contas ordinárias, ou seja, contas que já estavam previstas desde o início do ano, não podemos virar e dizer simplesmente: “Essa conta eu não estava esperando”, sabíamos que ela(s) viria(m). Portanto, o planejamento deve acontecer desde o dia 1º dia de janeiro do ano anterior até o final do ano seguinte, para que você tenha recurso de pagamento, de preferência à vista, ficando com um pouco mais de fôlego financeiro.
Para quem gastou todo o 13º em presentes, festas e viagens, vai uma dica especial, precisamos ter em mente um controle, aliás, poupar ao longo do ano inteiro para quando chegar janeiro, fevereiro e março você ter uma reserva financeira.
Mas, se você gastou tudo, analise as contas, o número de parcelas que está sendo disponibilizado pela empresa que está cobrando e verifique o percentual de desconto dessa conta.
Do momento em que você calcula os juros dentro desse parcelamento, você pode consultar outras opções, por exemplo um empréstimo de pessoa física, se você tiver um bom relacionamento com o seu banco.
Talvez os juros dele sejam inferiores aos da empresa para parcelamento em várias vezes, nesse caso, seria vantagem optar pelo banco.
Pagar as contas com o cartão de crédito nunca é uma boa opção, pesquisas já provaram que ele é o maior vilão dessa história, se você atrasar esse pagamento, existem juros cobrados pelas administradoras de cartões de crédito, que chegam a 17% ao mês e 200% ao ano. Ou seja, em 1 ano você estará pagando 3 vezes o valor daquela conta. Essas são nossas dicas, esperamos que tenha ajudado, qualquer dúvida acesse o link acima e deixa sua pergunta. Feliz 2015!!!

Por Elenilson Nunes

About PH Consultoria

Autor do Blog

Posted on 15/01/2015, in Artigos, Colunistas, Elenilson Nunes, Motivação para o dia a dia, Papo para corretor. Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: