Santa Efigênia é o sonho de consumo de muitos belo-horizontinos


Santa Efigênia

Santa Efigênia é o sonho de consumo de muitos belo-horizontinos

Com vias de entrada e saída facilitadas, bom comércio e transporte eficiente, bairro é um belo refúgio para aqueles que desejam “fugir” da área Centro-Sul, sem perder a acessibilidade e a gama de opções urbanas.
A história do Santa Efigênia é indissociável do 1º Batalhão da Polícia Militar de Minas Gerais. Localizada na Praça Floriano Peixoto, a edificação em estilo neoclássico concentrou grande número de fardados em tempos idos e a praça chegou a ser chamada, inclusive, de Quartel. Mesmo depois da dissociação dos armígeros, o bairro ainda carrega suas tradições em sua nominação, já que a santificada que recebeu a homenagem é a padroeira dos militares. Atualmente, a região abriga a área hospitalar – na qual estão localizados importantíssimos hospitais públicos da capital mineira – e, por conseguinte, inúmeros profissionais da saúde desfrutam dos seus encantos. Majoritariamente residencial, o Santa Efigênia é um belo refúgio para aqueles que desejam “fugir” da Centro-Sul, sem perder a fácil acessibilidade e a boa gama de estabelecimentos comerciais e de lazer.
Pertencente à Zona Leste de Belo Horizonte, o bairro é agraciado com vias que facilitam – e muito – a vida de seus residentes. Os moradores podem utilizar, com tranquilidade, as avenidas do Contorno, dos Andradas, Brasil e Francisco Sales como opções de escoamento para outros pontos da capital. Ademais, as muitas linhas de ônibus que abastecem o Santa Efigênia tornam ainda mais fácil a locomoção para quem reside na área – isso sem contar a estação de metrô localizada em ponto estratégico.
Apesar de ser um bairro majoritariamente residencial, o Santa Efigênia
oferece aos seus moradores áreas de lazer e também um bom leque de empreendimentos comerciais. Vale destacar o Boulevard Shopping, na Avenida dos Andradas, opção para quem quer ir às compras ou apenas assistir a um bom blockbuster em alguma das salas de cinema. No entanto, é válido enfatizar a área hospitalar, que concentra grande número de edificações voltadas especificamente para o tratamento de enfermos. Os hospitais das Clínicas e João XXIII, além da Santa Casa, são alguns que estão localizados na região. Além disso, o bairro abriga a tradicionalíssima Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais. Por essas e outras, o Santa Efigênia tem um Índice de desenvolvimento Humano (IDH) de 0,907* – a média nacional é de 0, 727* e a de Belo Horizonte, 0, 810*.PERFIL

Avenida dos Andradas é uma das opções de escoamento para outros pontos da capital (Euler Júnior/EM/D.A Press)
Avenida dos Andradas é uma das opções de escoamento para outros pontos da capital

De acordo com Vinicius Araújo, diretor-proprietário da Prolar Netimóveis, o perfil de quem compra um imóvel no Santa Efigênia é um tanto peculiar. “O cliente, geralmente, tem alguma raiz, alguma relação prévia com o bairro. Ele pode já ter morado lá e acaba criando esse vínculo nostálgico”, comenta Araújo. Não obstante, outras pessoas também buscam o Santa Efigênia muito devido à supracitada facilidade de locomoção e também por causa do valor dos imóveis, mais em conta do que os encontrados na região Centro-Sul da capital. Dependendo das condições, o preço do metro quadrado de um apartamento mais antigo pode custar R$ 2 mil. Contudo, segundo Araújo, esse montante pode saltar para R$ 6,5 mil se empreendimentos novos no bairro forem tomados como parâmetro. “Dependendo do requinte (do imóvel), o metro quadrado chega a até R$ 7.500”, denota o diretor-proprietário da Prolar Netimóveis.

NEM TUDO SÃO FLORES

As alterações no coeficiente de aproveitamento (CA) a serem efetuadas terão impacto no Santa Efigênia. “A demanda seguirá a mesma, porém, o número de ofertas diminuirá, fazendo com que os preços dos imóveis se elevem”, comenta Araújo. Além disso, o “valor sentimental” de alguns proprietários torna a vida dos corretores mais complicada, já que eles pedem pelo imóvel um preço muito acima do que usualmente é cobrado no mercado.

* De acordo como o Atlas do Desenvolvimento Humano nas Regiões Metropolitanas do Brasil, de autoria do Programa das Nações Unidas pelo Desenvolvimento (Pnud), do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e da Fundação João Pinheiro.

MORANDO AQUI
Laura França, universitária

“Nasci em Belo Horizonte, mas fui para Uberaba ainda jovem. Morei anteriormente no Santa Efigênia e gosto muito do bairro, pois ele é muito tranquilo e familiar. Minha família, por exemplo, mora toda bem perto de mim. Temos muitas opções de lazer, como a Praça do Quartel, que é um ótimo lugar para caminhar e sempre está movimentada. Apesar disso tudo, considero algumas partes do bairro um pouco perigosas, como no entorno do Boulevard Shopping.”

 

Por Marcus CelestinoEstado de Minas

 

Advertisements

Nos ajude a fazer o melhor. Deixe aqui seu comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s