Incríveis casas de gelo que podem abrigar os humanos em Marte


casas-de-gelo

Incríveis casas de gelo que podem abrigar os humanos em Marte

Quando os astronautas finalmente chegarem a Marte – viagens planejadas para 2030, de acordo com os planos da Nasa – eles vão precisar de casas que os protejam do inóspito ambiente do planeta. Submetidos a temperaturas que variam entre 20°C negativos e 70°C negativos, além de radiações solares e cósmicas, os humanos terão necessidade de um teto feito de material leve, capaz de ser transportado por longas distâncias e cujas fontes existam no planeta. De acordo com um time de cientistas do Centro de Pesquisas Langley, da Nasa, a melhor substância para as construções é natural e abundante em Marte: gelo.

“Depois de um dia dedicado a identificar as necessidades, metas e dificuldades da missão para Marte, avaliamos muitas ideias e finalmente chegamos à ‘casa de gelo’, que é uma boa solução”, afirmou o engenheiro Kevin Vipavetz, membro do Centro de Pesquisas.

Casa inflável

Vipavetz comandou um encontro entre cientistas, arquitetos e designers que se dedicaram a encontrar as melhores ideias para a construção de habitações sustentáveis em Marte, que farão parte da futura missão. A casa de gelo foi idealizada por uma equipe de especialistas do Space Exploration Architecture  e do Clouds Architecture Office, que foram os primeiros colocados em um desafio da Nasa para a criação das futuras casas para os astronautas.

A casa de gelo idealizada pelos cientistas é uma espécie de iglu inflável que seria coberto por uma fina camada de gelo. Segundo os pesquisadores, a construção é leve e pode ser transportada e montada facilmente – máquinas simples são capazes de erguê-la e preenchê-la com água antes de seus habitantes chegarem. Além disso, a substância, abundante em Marte, que pode ser extraída para ser incorporada às casas, tem a possibilidade de ser também convertida em combustível para veículos marcianos. O iglu seria, assim, um tipo de reservatório d’água para outros fins.

Para que as casas não fiquem geladas, as temperaturas do interior seriam controladas por meio de uma camada de dióxido de carbono – outra substância encontrada em Marte. O gás faria o isolamento da fina camada de gelo do exterior.

De acordo com os pesquisadores, a água, rica em hidrogênio, é um excelente protetor contra a radiação cósmica, que aumenta o risco de câncer e outras doenças relacionadas. O gelo também seria um excelente material para as casas por permitir a passagem de luz, algo essencial para a saúde e manutenção do ritmo natural do organismo humano.

“Todos os materiais que selecionamos são translúcidos, então alguma luz do dia pode passar por eles e fazer com que as pessoas se sintam em uma casa e não em uma caverna”, explicou o cientista Kevin Kempton, um dos idealizadores do projeto.

O único problema das casas de gelo, por enquanto, seria o tempo destinado a preencher as casas com a substância. Com a ciência disponível atualmente é possível extrair um metro cúbico de água por dia da superfície de Marte – nesse ritmo, uma casa levaria 400 dias para ficar completamente envolta por gelo. Segundo os cientistas, as técnicas de extração do material, tecnologia que tem avançado rapidamente, farão com que, em pouco tempo, as casas possam ficar prontas em meses ou dias.

Fonte: Veja

Anúncios

Nos ajude a fazer o melhor. Deixe aqui seu comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s